segunda-feira, 13 de junho de 2016

KHRANIAL - Bounty Hunters (EP - 2015)

Khranial é uma banda oriunda da cidade de S.José dos Campos formada no final dos anos 80. E após tantas lutas chega ao seu primeiro registro intitulado Bounty Hunters, um EP com cinco músicas. Entre os anos de 1992 e 1993 mudaram o nome para Ancestor, porém Waldir Lobo - guitarra - Evandro Canedo - guitarra - e Guto Rodrigues - bateria - voltaram a utilizar o nome Khranial, e ao lado Dimas Ricardo - baixo - e JC Martins nos nos vocais continuam na ativa até hoje.


Bom, como todo grupo bom de thrash metal, os riffs são um dos maiores trunfos de que ele precisa, e o Khranial destila sem cerimônia. Uma profusão deles! Aliás, uma banda que é muito coesa e sabe o que quer com dois forjadores de riffs e uma bateria forte. Junte-se a isso um baixista competente e um vocal de uma personalidade única e pronto.

O EP Bounty Hunters possui cinco faixas e deveria vir com uma caixa de emplastro Salonpas porque o pescoço vai precisar. "Mortal Hate" é a faixa de abertura e já mostra a que veio, ou seja, um riff nervosamente thrash seguido de um berro à la Tom Araya do Slayer. Resumindo, um convite instantaneo para abrir roda.

"Achiles The Cruel" começa cadenciada mas depois descamba para um thrash estilo Dark Angel/Exodus na hora do solo. O vocal vocifera e em algumas partes lembra de leve Flemming Rönsdorf do Artillery na época do Terror Squad. "Dismember" é a terceira faixa e a que mais gostei pelo fato de haver muitos riffs bons na estrutura dela e isso, de certa forma, te incentiva muito a banguear como se não houvesse amanhã. Preste atenção no riff após o solo e tente não agitar.

A quarta faixa é "Fight to Forget Your Shame" e mantém a energia com uma mescla de heavy mais ritmado no começo, e finalizando com uma parte mais rápida totalmente insana pro cara sair moído da roda ou se acabar nos stage dives, e que abre caminho para a faixa título e última do EP. Mais uma açoitada de riffs pra finalizar a estreia do Khranial, e espero muito que não fiquem apenas nesse EP. Merece um full-leght urgente com uma produção melhor para ampliar o talento deles.

Line-up

Jc Martins - Vocal
Evandro - Guitar
Waldir Lobo - Guitar
Dimas - Bass
Guto - Drums