quinta-feira, 23 de abril de 2015

...AND THE BANDS PLAYED ON

O dia 21 de abril vai ficar marcado na minha memória para sempre. Pela primeira vez, eu e mais um monte de privilegiados, assistimos a apresentação de um dos maiores baluartes do metal, Coroner.
Mas antes dos suíços começarem o espetáculo, tivemos os shows de quatro bandas que estão despontando no cenário nacional e lutando bravamente para serem reconhecidas – Circle Of Infinity, Warsickness, Uganga e Sangrena.

Obs.:Na próxima postagem falarei como foi o show do Coroner.

CIRCLE OF INFINITY - Limeira/SP
Capitaneada pelo carismático Edson Moraes – que também é produtor de eventos – o Circle Of Infinity começa sua apresentação pontualmente às 16h00. A Clash Club estava abrindo suas portas quando a banda inicia seu set com um death/thrash metal direto, duro e com riffs muito bons, que são muito eficazes se os músicos já possuem ótimo entrosamento. A banda ainda toca dois covers – Black Magic (Slayer) e Zoombie Ritual (Death) – e finaliza seu show com a música Headbanger, uma justa homenagem a todos aqueles que fazem a cena brasileira continuar firme e determinada.

Setlist:
We fight/Dark Souls/Black Magic (Slayer) /Take My Mind Take My Fear/Never Surrender/Wake Up And Fight/Zoombie Ritual (Death)/Headbanger

Membros:
Edson Moraes - Vocal e Guitarra
Allan Farias - Guitarra Solo
Mateus Paiva - Contra-Baixo
Alexandre Culano – Bateria



WARSICKNESS - Itapevi/SP
A banda Warsickness trouxe para o palco a força do thrash etílico, cujo maior representante é o Tankard da Alemanha. Divulgando seu recente CD, Stay Drunk In Hell, a banda tem todos os ingredientes do thrash metal clássico. Riffs insanos, vocais doentios, cozinha bem coesa e eficaz. A dupla de guitarristas possui uma verdadeira Wikipédia de riffs, e nos presenteavam a todo momento com eles. Que pegada! Mataram a pau! Destaque para o música Warsickness que tem um quebra-tempo muito bem sacado.

Setlist:
Do You Remember Your Death/Warsickness /Black Army /Warthrash
In Beer We Trust/Stay Drunk In Hell /Alchoholic Brain

Membros:
Diogo Moreschi - Vocal
T.J. - Guitarra
Carlos - Guitarra
Alan Magno - Baixo
Guilherme – Bateria



UGANGA - Triângulo Mineiro/MG
Já tinha ouvido falar do Uganga, mas talvez pela correria do dia-a-dia nunca parei pra ouvir o som deles, e essa seria uma oportunidade mais que perfeita. A prova dos nove é ver a banda ao vivo porque no estúdio podemos usufruir de alguns efeitos pra deixar o som mais encorpado e tals. Ao vivo isso não acontece. É a banda em sua essência mais pura. E assistindo a apresentação deles fiquei contagiado pelo som. Pra começar, as letras são em português, e diga-se de passagem, muito bem construídas. Nas cordas, o Uganga tem uma parede sonora que contém três guitarras com um timbre que me fez lembrar o grande Celtic Frost, e que aliado ao baixista dá um novo sentido à palavra peso. Enquanto isso, o batera debulha tudo lá atrás. E no comandando dessa pedrada está Manu Joker, figura mítica que integrou um dos maiores patrimônios nacionais do metal, o Sarcófago. O Uganga fez um show arrasador com direito a um cover do Vulcano, Who Are The True?

Setlist:
Intro (sampler) /Aos Pés Da Grande Árvore/Moleque De Pedra/Who Are The True? (Vulcano) /Guerra/Na Entranhas Do Sol/Fronteiras Da Tolerância/O Campo

Membros:
Manu Joker - Vocal
Christian Franco - Guitarra
Thiago Soraggi – Guitarra
Mauricio “Murcego” - Guitarra
Ras Franco – Baixo e Vocal
Marco Henriques – Bateria



SANGRENA - Amparo/SP
Oriundos de Amparo, mesma cidade da banda Executer, o Sangrena sobe ao palco para fechar com honras as apresentações das bandas nacionais. Divulgando seu álbum Blessed Black Spirit, o Sangrena faz um death metal forte e vigoroso lembrando os grandes nomes da década de 90. A linha de frente é firme. Tocam seus instrumentos com precisão e pegada. Destaque para o baterista Alan Marques que espancou sua bateria como se não houvesse amanhã. O Sangrena caminha para um futuro muito promissor, e com muita personalidade estão galgando os degraus para isso.

Setlist:
Infernal Domination/Land of Scorn/The Ninth Prophecy/Blessed Black Spirit/In Sacrifice/Cursed by Revenge/Abyss of Souls/Reign of Illusions/The March/Base final (sampler)

Membros:
Luciano Fedel - Vocal / Bass
Fabio Ferreira - Guitar
Gustavo Bonfá - Guitar
Alan Marques – Drums



Agradecimento especial à Miky Ruta da FAME Enterprises