sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

SANCTUARY - DENTRO DO ESPELHO NEGRO

Sabe aquela sensação que você acorda pra ouvir uma música que não sai da cabeça, e acaba ouvindo o disco inteiro?
Então... hoje quero falar desse disco, Into The Mirror Black do Sanctuary.

Tudo começou num belo dia sentado no sofá de casa, mudando de canal pra canal tentando achar alguma coisa que preste na TV. Nesse verdadeiro deserto árido, um pequeno oásis surge. 
Era o lendário programa Clip Trip da TV Gazeta - os mais antigos vão se lembrar do Realce Baby - passando alguns videos e eis que me deparo com o começo da Future Tense.

https://www.youtube.com/watch?v=v5NCBaPE3k0

Até então nem sabia da existência do Sanctuary, mas quando o clipe começa e as fartas cabeleiras começam a sacudir ao som daquela música, fiquei empolgado. Aquilo era metal dos bons!
No outro dia lá estava eu na Galeria do Rock comprando o disco daquela banda que vi na TV. Hoje sinto imensa falta desses programas de clipes de metal. Aquilo eram verdadeiras escolas pra gente saber o que estava rolando no mundo da música pesada, porém temos o YouTube que serve como um paliativo.
A história que cerca o Into the Mirror Black é bem interessante. Apesar das letras terem uma dose muito boa de otimismo, as brigas internas eram frequentes e o álbum, apesar de toda essa vibe otimista, termina melancólico, triste. Porém nada disso tira o brilho dele, muito pelo contrário. Podemos ouvir uma banda poderosa, criativa, avant-garde, enfim uma grata surpresa.

David Budbill(D), Lenny Rutledge(G), Warrel Dane(V), Sean Blosi(G), Jim Sheppard(B)

Não tem como destacar alguma faixa em especial. Todas têm uma história peculiar. 
Ouça de cabo a rabo!