sexta-feira, 7 de novembro de 2014

CONEXÃO BRASIL METAL: Salvador, BAHIA - Parte 1

Bahia. 
As primeiras coisas que vêm à cabeça são acarajé, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, axé e por aí vai. Sim, fazem parte da rica cultura baiana, mas há outra coisa que é forte nesse maravilhoso estado, o Metal. Tive o imenso prazer de fazer uma participação em uma música da banda Behavior, e os dias que passei na cidade de Salvador foram especiais porque fui alimentado com informações, histórias e a hospitalidade ímpar desses meus amigos soteropolitanos.
No primeiro dia, após o desembarque já fomos ao Irish Pub conhecer um pessoal muito bacana, e entre eles estavam Barba Vasconcelos da banda Quinto dos Infernos – uma justa e declarada homenagem à banda Baranga – e Raoni Avan da Keter. E ao meu lado Fabrício Pazelli, Alexandre Vitorino e Marcelo Almeida – vocal, guitarra e baixo da banda Behavior respectivamente.

Formada no ano de 2008, o grupo faz um death metal calcado nas bandas old school do estilo. Após a gravação da demo Walking for a Rotten Destiny no mesmo ano de sua criação, a banda começou a ser conhecida no cenário baiano. E com a formação estabilizada, o Behavior começa a tocar fora da capital ganhando experiência e fãs. No segundo semestre de 2011 lançam seu primeiro álbum, The Awakening of Madness com grande sucesso.
A atual formação da banda conta com: Fabrício Pazelli (vocalista), Jenner Randam (guitarrista), Alexandre Vitorino (guitarrista), Marcelo Almeida (baixista) e Ricardo Agatte (baterista).

Já a banda Keter foi formada no ano de 2004 e surge com o primordial intuito de fazer um metal rápido, direto e pesado, mesclando elementos do death e thrash metal. Conta com Bawdy no vocal, George Lessa e Yury Duplat nas guitarras, Fagner Nascimento no baixo e Renato Corpse na bateria. Já lançou uma demo (2008), e em 2014, o Keter está lançando seu primeiro álbum, intitulado Guerra Contra Tudo e Contra Todos. Já dividiu palco com grandes nomes do metal nacional como o Andralls, Apokalyptic Raids, Dominus Praelii, Funeratus, Headhunter DC, Torture Squad e Korzus.
 
Pra finalizar temos o grupo Quinto dos Infernos que mesmo sendo criado em 2013, já faz um certo barulho com o seu rock blasfemo pornô alcoólico e eles se preparam para entrar em estúdio após o bem sucedido lançamento da demo Álcool, Metal e Putaria. A banda é composta por Barba Beerstorm no vocal, Lele Gogobeer nas guitarras, Caio Pinga no Baixo e Luã Lombra na bateria.
Durante a semana irei postar mais sobre a cena metal de Salvador e como a Bahia é um celeiro de bandas cheias de talento e garra! Axé!

Ótimos sites sobre a cena baiana:
QUINTO DOS INFERNOS


Behavior
Photo: Ana Prado

Keter
 Photo: Ana Prado


Quinto dos Infernos
Photo: Jenner Randam